UTENSÍLIOS UTILIZADOS NA PRODUÇÃO

A produção do Vinho de Talha é um processo ancestral no qual são utilizados variados equipamentos, ferramentas, e outros instrumentos tradicionalmente Alentejanos. A maior parte destes artefatos, de propósitos únicos, foi criada especialmente para o a produção deste tipo de vinho, e estão em exposição na nossa Adega-Museu Cella Vinaria Antiqua

  

Arado: alfaia agrícola utilizada para cultivar a vinha através do poder de tração de um animal de grande porte (burro, cavalo, ou boi)
Canga: utensílio de madeira utilizado para unir os animais de grande porte durante o cultivo da vinha, de forma a aumentar o poder de tração
Cepo: armadilha utilizada para caçar raposas na vinha e consequentemente evitar que as uvas sejam comidas pelas mesmas
Podão: ferramenta utilizada para podar as videiras
Roçadora: ferramenta utilizada para retirar os rebentos da videira durante a poda
Tesoura: ferramenta utilizada na vindima para efetuar o corte do cacho de uvas
Cesta/cavanejo: utensílio utilizado nas vinhas para a recolha da uva durante a vindima
Caixa de vindima: utensílio utilizado para recolher e pesar a uva após a vindima
Cangalha: utensílio de madeira que se colocava no dorso dos animais de grande porte de forma a auxiliar o transporte dos cestos de uva, e das varas que se retiravam da vinha durante a poda
Lagar de pisa: local onde se pisa/esmaga as uvas com os pés
Mesa de ripanço: equipamento utilizado para desengaçar (separação dos bagos dos pedúnculos) as uvas
Ganchorra: ferramenta utilizada para auxiliar a retiragem das uvas do camião para a mesa de ripanço (quando a vindima não é feita em caixas)
Canudos: utensílios feitos em cana utilizados para proteger os dedos durante os trabalhos de desengace da uva na mesa de ripanço
Caixa de recolha de mosto: utensílio utilizado por baixo da mesa de ripanço para recolha do mosto
Moinho: equipamento utilizado para esmagar as uvas depois de selecionadas na mesa de ripanço
Caneco: recipiente utilizado para transportar o mosto do moinho para dentro das talhas. Também é utilizado para efetuar a trasfega do vinho entre talhas
Talha: pote de barro utilizado para receber o mosto, e que depois de fermentado se transforma em vinho
Enxofradeira: utensílio utilizado para aspergir o enxofre para o interior da talha de forma a desinfetar a mesma antes dos mostos serem colocados para fermentação
Serapilheira: pano humedecido com água que é colocado em volta das talhas de forma a arrefecer as mesmas durante o processo de fermentação
Grampos: agrafos de ferro utilizados para consertar as fissuras nas talhas prestes a partir
Ladrão: talha enterrada no chão com o propósito de recolha e aproveitamento do mosto no caso de alguma talha se partir durante a fermentação
Burra: escadote em madeira utilizado para aceder ao cimo das talhas durante os processos de remontagem e de transfega
Rodo: ferramenta de madeira em forma de T utilizada na remontagem do mosto dentro das talhas
Cace: ferramenta em forma de concha utilizada para retirar as massas de uma talha durante a trasfega do vinho
Escudela: ferramenta utilizada para encher garrafões ou outras vasilhas de grande volume com vinho. Também é utilizada durante a transfega para encher o caneco com as massas que foram retiradas da talha Funil de atesto: utensílio utilizado para a distribuição uniforme do atesto da nova talha
Caldeirão de atesto: recipiente com furos na base utilizado para fazer o atesto do vinho de forma suave na nova talha
Tampa líquida: camada de azeite utilizada para cobrir o vinho na talha depois de
Cantarinha de azeite: recipiente utilizado para armazenar e transportar as tampas líquidas (azeite) terminada a fermentação, e assim evitar a oxidação dos mesmos
Tampa sólida: tampa de madeira ou cortiça utilizada para fechar as talhas depois de terminada a fermentação, e assim evitar a oxidação dos vinhos
Batoque: tampa de cortiça colocada no orifício inferior da talha de forma a selá-la e não deixar as massas escorrer para fora da talha
Broca: ferramenta utilizada para abrir o orifício no batoque antes de se colocar a torneira
Junça: planta silvestre que depois de seca é colocada no furo feito no batoque, e a qual é utilizada como filtro natural para o vinho
Torneira: utensílio de madeira colocado na parte inferior da talha utilizado com o propósito de facilitar a passagem do vinho para o alguidar de barro
Maço: ferramenta utilizada para auxiliar a colocação da torneira no batoque previamente perfurado com a broca
Alguidar de barro: recipiente utilizado para receber o vinho que escorre da talha
Prensa: equipamento utilizado para esmagar as massas de forma a espremer o vinho das partes sólidas
Garrafão: vasilha utilizada para guardar e transportar o vinho
Bem-Vindo!Acreditamos no consumo responsável de bebidas alcoólicas.Tem idade legal para beber álcool no seu país?
SimNão
  • PT
O nosso website usa cookies para ajudar a melhorar a sua experiência de utilização. Ao utilizar o website, confirma que aceita a sua utilização. Esperamos que esteja de acordo. Conheça a nossa política de utilização de cookies. Fechar